A integração entre a Hapvida e o Grupo NotreDame Intermédica deve levar pelo menos dois anos, após o fechamento do negócio previsto para ocorrer entre o fim deste ano e começo de 2022.

As companhias estabeleceram este prazo longo porque existem expectativas de que o setor de saúde se mantenha aquecido nesse período e a ideia é não perder as oportunidades de aquisições que cada uma já vinha almejando. Dessa forma, cada empresa continuará atuando de forma independente nesse período.

De acordo com Renato Stuart, sócio da consultoria de fusões e aquisições RGS; as operadoras devem optar por transações menores no período de análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Impacto: Positivo. As companhias anunciaram a fusão no último final de semana, mas estabeleceram longo prazo para integração; visando neste período não perder novas oportunidades de menor escala. Consideramos positivo à medida em que sugere continuidade da estratégia de crescimento de cada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.